Erros

TPL_IN

Queria dizer muitas coisas. Não palavras perdidas, desnecessárias, inconvenientes e chatas. Mas ideias certeiras, presas no coração, e com data e local certo de chegada. 

Meu desejo, era olhar em seus olhos e ter a capacidade de demonstrar que tanto ódio não vale nada. De que de nada vai adiantar alimentar amargura e rancor no seu coração e que essa mágoa é completamente infundada e desnecessária. Se eu pudesse, lhe provaria matematicamente, que seus erros são iguais aos do resto da humanidade, e que não pedir desculpas – e pior ainda, não aceitar desculpas – só lhe fará uma pessoa triste. 

De nada adianta chorar por um passado de alegrias. Compreenda que o presente é hoje, e que de vários hoje construímos a nossa estrada. Se o passado foi tão bom, por qual motivo enfiar no lado odioso do coração as pessoas que fizeram parte dele? Se olhar para trás lhe faz bem, seja grato às pessoas que estiveram com você naquele tempo. E se elas não estão mais hoje, seja mais grato ainda por elas terem lhe deixado lembranças felizes. 

Apague da sua mente o que lhe faz mal. Se remoer em fatos que não voltarão não pode ser a energia que move a sua vida. O mundo nos presenteia todos os dias com uma bela manhã de sol. Faça dessa oportunidade única a chance de ser feliz, pois um dia, sem lhe ser anunciado, essa manhã não existirá mais para você.

Desarme-se. A guerra foi feita para gerar mortes, intrigas, entraves. Largue as suas armas, bem longe de você e permita que as pessoas se aproximem. Umas lhe farão muito bem, outras lhe farão muito mal, mas todas ensinarão alguma coisa. Você só terá como saber o que se permitir que elas se aproximem. 

Acredite que tem gente com defeitos que vai te amar, afinal de contas não existe ninguém perfeito. Então, não descarte as pessoas ao menor sinal de fraqueza. Todo mundo tem seu preço, todo mundo tem suas desvantagens, todo mundo tem seu momento de errar. Exija sim um pedido de desculpas. Mas, esteja sempre pronto a aceitar. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar